quarta-feira, 9 de março de 2016

Espetinhos de churrasco


Que tal mudar os espetinhos do seu churrasco?

A dica é montar espetinhos alternando entre pedaços de carnes  e legumes. 
Você pode usar batatas (de conserva), pimentões, cebola, abobrinha e tomates. 
Para a batata,  o ideal é deixa-la pré cozida, isso ajudará no tempo de preparo.


Aproveite essa dica para usar os legumes que tiver na sua geladeira. 
Além de economizar no bolso, seu churrasco ficará mais saboroso e saudável.



quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Ovos Fritos

Quer dar uma cara nova aos ovos fritos do dia a dia?


Uma maneira diferente e divertida é emoldura-los com rodelas de pimentões.
Fizemos alguns testes e, para ficar iguais aos da foto, você precisa seguir alguns passos

1- Fique atento ao tamanho do ovo para não transbordar, se o ovo for grande você pode cortar a rodela de pimentão mais alta.
2- O corte do pimentão deve ser o mais reto possível (isso impedirá que o ovo escorra por baixo)
3- Só despeje o ovo quando a frigideira estiver bem quente
4- O ideal é usar uma frigideira de fundo reto, uma panela pode ajudar
5- Frite com o fogo baixo
6- Deixe os ovos tampados para que o calor cozinhe mais rápido
7- Se prefere o pimentão mais molinho, deixe-o fritar antes de despejar o ovo.


Sirva imediatadamente
Bom apetite!!!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Clericot

Esse drink é perfeito para o verão e para as festa de fim de ano. Rápido de fazer e fácil de beber, vai agradar muitos paladares.
É uma bebida refrescante, saborosa e colorida. Sua base mais comum é o vinho branco ou espumante, com gelo e frutas. 
Pesquisei diversas receitas para tentar entender algumas proporções e sabores e, por fim acabei fazendo a "minha" com o que tínhamos na geladeira. Também separei algumas dicas...


Clericot de espumante com frutas
* prefira frutas suculentas como abacaxi, morango, maçã, uva, laranja, carambola entre outras. 
* corte as frutas em pedaços grandes (isso evita que os pedacinhos fiquem no alto da jarra)
* de preferencia para bebidas classificadas como secas/brut, as frutas darão o dulçor necessário para que a bebida não fique enjoativa.
* nessa receita usei uma especiaria muito especial a Pimenta Jamaica
*cuidado com a quantidade de gelo, a bebida pode ficar aguada
* sirva bem gelado

Rendimento: 1 jarra (de 1,5 litro a 2 litros) 
















Ingredientes 

1 garrafa de espumante brut (750ml)
25 ml de Gin
150 ml de tônica ou soda 
1/3 de maçã cortada em barquinhas 
1/3 de pera cortada em barquinhas
1/3 de laranja cortado em cubos 
1 xícara de abacaxi cortados em triângulos
3 morangos picados em quatro
8 cerejas cortadas ao meio (retire as sementes)
folhas hortelã

Modo de fazer 











Na foto cortei a maça e pera em laminas, mas não fica legal
Corte as frutas e reserve na geladeira para usar, deixe uns 20 minutos
Separe um jarra grande de uns 2,5 l
Coloque as frutas em camadas, salpique a pimenta jamaica amassada e acrescente algumas pedras de gelos, despeje a tônica ou soda, o espumante com cuidado e  misture o Gin.
Tampe a jarra e volte para geladeira para garantir que fique bem gelado.
Sirva em seguida 

-----------------------------------

Quando a bebida terminou, sobrou muitas frutas na jarra, decidi aproveita-las para fazer uma sobremesa.

Sobremesa de Clericot  com Sorvete 

Ingredientes
Sobra das frutas da Clericot (corte em pedaços menores)
5 bolas de sorvete de coco 
50 ml de leite de coco
aveia para salpicar

Bata no liquidificador o sorvete e o leite de coco ate virar um creme, regue sobre as frutas.


quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Noz Moscada

Noz-moscada é uma das especiarias obtida por meio do fruto da moscadeira (Myristica fragrans). Nativa nas ilhas Molucas foi levada para Europa pelos portugueses durante as navegações.
Em pequenas quantidades é muito aromática e benéfica a saúde, mas se utilizada em grandes quantidades pode causar intoxicação.
De sabor adocicado e ao mesmo tempo levemente amargo, pode ser usada em preparações doces e salgadas, deve ser moída ou ralada na hora,  para preservar o sabor aos pratos. Ideal para molhos a base de cebola ou leite, como o bechamel, carnes, legumes, sopas, no recheio de massas, bolos, biscoitos, tortas, waffles, fondue e em bebidas com leite quente ou gelado.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Calcule e escolha a bebida ideal para seu casamento



Casar é uma das maiores realizações na vida de qualquer pessoa, mas quem está noivo sabe o quanto é difícil planejar o casamento, já que durante a organização vão surgindo várias dúvidas. Um questionando muito comum é em relação às bebidas que serão oferecidas na festa e, principalmente, a quantidade! 

Temos aqui um dos maiores experts em casamento, Vinicius Favale, diretor da Múltipla Eventos, que nos enviou valiosas dicas para não errar.

Escolhendo a bebida ideal
O tipo de bebida vai depender do horário do evento e do perfil da festa. Para casamentos ao ar livre ou na praia opte por cervejas, espumantes ou drinks com frutas. Quando o casamento for a noite e os convidados estiverem sentados, vale investir em um vinho mais encorpado. O principal ponto é harmonizar a bebida que será oferecida de acordo com o cardápio da festa.

O que está em alta hoje é oferecer uma variedade grande de bebidas que agrade a todos os paladares: drinks, caipirinhas, whisky, vinho, espumante, energético, cerveja, refrigerante, suco, entre outras. Uma bebida não elimina a outra, a diversidade é o que vai atender melhor pessoas de diferentes estilos e gostos. A forma e o momento em que são oferecidas as bebidas é muito importante também.

Água: No início da festa em jarras e na balada da festa em garrafinhas;

Sucos: Garrafas ou taças dosadas durante todo o evento;

Refrigerantes: Garrafas ou taças dosadas durante todo o evento;

Energéticos: Em latinhas, junto a whisky e vodca no bar;

Cervejas: Hoje está em alta servir a cerveja em garrafas long neck direto no bar ou com garçons servindo da garrafinha para o copo;

Vinhos: Garrafa, se for tinto apenas no jantar;

Espumantes ou champanhe: Garrafas ao longo de todo o evento;

Destilados: Apenas no bar junto à bartenders para servir doses ou produzir drinks;

Licores: Normalmente apenas em mesa de café;

Batidinhas e coquetéis: Apenas no bar;

Descubra a quantidade ideal de cada bebida.
A quantidade vai depender de vários fatores como horário, duração da festa, variedade de bebidas e estilo de casamento. Em celebrações evangélicas, não há o consumo de bebida alcoólica, sendo assim o consumo de bebidas que não levam álcool deve ser calculado em dobro.

Espumante: Em um evento a noite falamos em uma garrafa para três pessoas.

Vinho Tinto: Na maioria das vezes oferecemos o tinto apenas no momento em que é servido o jantar. Calculamos uma garrafa para dez pessoas considerando jantar com lugar para todos os convidados sentarem. Evitamos oferecer este tipo de bebida em casamentos na praia, de dia ou em serviços de finger food, que não recebem tão bem este tipo de bebida;

CERVEJA: Quando é servida à vontade, calculamos uma lata e meia por pessoa. Se for só para quem pedir, uma lata para 6 pessoas;

WHISKY: Calculamos um litro para oito pessoas. Quando tem bar de caipirinhas esse consumo diminui um pouco, mas essa é uma quantidade segura;

Refrigerante: Em média 1 garrafa e meia de 300 ml para cada convidado, intercalando os principais sabores. Em casamentos evangélicos esse consumo dobra;

Água: uma garrafinha e meia para cada convidado. Na praia o consumo dobra;

Energético: Pode-se comprar uma lata para cada três pessoas, levando-se em conta que nem todos bebem em um evento. Quem mais utilizará esse serviço, serão os consumidores de Whisky ou vodca.

Comprar bebidas ou fazer consignação? 
É importante já deixar comprado o que se tem certeza que será consumido para não ficar com garrafas sobrando após o evento. A consignação é uma forma de economizar e não errar, nem para mais, nem para menos na quantidade. Uma dica valiosa é fazer da seguinte forma: suponha que ao calcular o número de espumantes o ideal seja ter 120 garrafas na festa - no sistema de consignação, os noivos podem comprar cerca de 75 garrafas e a empresa consignadora levará mais 75. Nesse formato será pago apenas o que for consumido, além de ser possível levar mais bebida do que o ideal sugerido para evitar falta em caso de um consumo maior do que a média.

Uma ótima festa!!!

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Mix de pimentas (em grãos)

O ideal é moer na hora de utilizar, assim conseguirá preservar o óleo, aroma e o sabor dos grãos. 

Lemon Pepper

Um tempero ideal para preparações com o limão. É uma junção de raspas secas de limão e pimenta do reino preta moída,  dá sabor e uma leve cor amarelada, a saladas, molhos a base de iogurtes, carnes, peixes e principalmente aves.

Lemon Herbs

Uma combinação de cebola, raspas de limão, salsa e cebolinha, é ideal para  saladas e peixes.



Allspice ou Pimenta da Jamaica

A Pimenta da Jamaica é muito parecida com a pimenta do reino, é uma pimenta de cheiro, não tem ardência, e é muito saborosa. 
Com um  misto de cravo, canela e noz-moscada é bastante usada em pó, ou grãos para cozimento, valoriza salgados, doce, bolos ou pães. 
Especialmente utilizadas em sopas, ensopados, carne de panela,  molhos, bolos de frutas e bebidas quentes.
É uma das especiarias presentes na Pimenta Síria (tempero a partir de um mix de temperos e especiarias) 

Ervas Finas

De origem francesa é uma mistura de salsa, cerefólio, estragão e cebolinha verde.
É ideal para molhos de saladas, peixes, molhos de tomate, ovos e vegetais cozidos.

Pimenta Calabresa

Feita a partir de pimentas vermelhas secas e trituradas é muito utilizada no México e Itália, origem da iguaria. 
No Brasil sua base é a pimenta dedo de moça, enquanto na Europa é a pimenta Peperoncini.
Pode ser usada para temperar carnes, caças, aves, sopas, cremes, caldos, picles e o famoso coquetel Bloody Mary

Vinagrete

É um tempero muito versátil, resultado da junção de  cebola, tomate, pimentão verde, pimentão vermelho, salsa,  alho. 
Utilizar hidratado, ideal para consumir em saladas, arroz, molhos e churrasco. 

Pimenta Rosa


Muito  muito popular na França, decora e dá sabor delicado a saladas, molhos, grelhados e frutos do mar, mesmo sem ardência com sabor adocicado, deve ser usada com moderação, pois seu sabor predomina sobre o sabor de outros temperos.

A Pimenta Rosa combina tanto em preparações salgadas como doces. É usada de maneira especial em saladas,  molhos para medalhões de filé mignon grelhado, com filé de frango, peixe e no camarão. 

Sorvetes de frutas, musses e crepes (doces e salgadas), harmonizam bem com o sabor da pimenta rosa. 

É um grão bem versátil, também traz benefícios para saúde como anti-inflamatório, cicatrizante e bactericida.

domingo, 6 de setembro de 2015

Açafrão da Terra ou Cúrcuma

Natural do Sul da Ásia, o açafrão da terra é extraído da raiz seca e moída da planta, tem seu sabor levemente amargo e cor amarelo-dourado, é da família do gengibre, serve para dar cor aos alimentos, indicado para pratos com ovos, maioneses, massas, batatas, arroz, pães, picles, molhos cremosos, frango e peixes. 

Também é usado como digestivo e ativador da função hepática, previne a depressão. Utilizado em conjunto com a Pimenta do Reino e a Paprica, previne o câncer e ajuda no tratamento de quimioterapia.

Pimenta do Reino Preta

Em grão é usada em saladas, marinados, assados e pickles. Moída, pode ser usada em todos os pratos salgados. Ideal na água de cozimento de carnes, molhos, no final do preparo de legumes e verduras, salpicada sobre carnes, peixes e frangos antes de grelhar. A pimenta-do-reino preta possui uma fragrância intensa, frutada, com tonalidades amadeiradas e cítricas. O paladar é picante e quente, com um retrogosto penetrante. 

A pimenta do reino quando utilizada em quantidades moderadas e balanceadas, tende a realçar o sabor dos alimentos e de outros temperos.

São muitos os benefícios da pimenta do reino pra nosso organismo, a Piperina presente no grão, melhora a absorção de vários outros nutrientes, incluindo Selênio, vitamina B, a curcumina, e beta-caroteno, consumida em conjunto a Cúrcuma, é capaz de destruir as células de câncer e aumenta a retenção dos medicamentos nos tratamentos com a quimioterapia. 

Dica: Sempre que possível tente moer a pimenta na hora, realça o sabor e os óleos essenciais.

Visite também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...